ARTICLE TOP AD

Apesar de situação violar regras europeias, os contribuintes que pagam mais IUC por carros importados, vão continuar a fazê-lo até 2020.

O Estado vai corrigir o Imposto Único de Circulação (IUC) dos carros importados. O diploma está no parlamento, depois de milhares de contribuintes terem pagado mais devido a uma distorção fiscal e de Bruxelas ter lançado um processo sobre Portugal, mas, segundo o Jornal Público de terça-feira passada, só entrará em vigor em 2020.

Há 12 anos, altura em que entrou em vigor o código de IUC, que o Estado português cobra mais sobre carros importados após julho de 2007. O veículo é tributado com base no ano da primeira matrícula portuguesa, ou seja, como se fosse novo, ignorando-se a primeira matrícula estrangeira.

ARTICLE INLINE AD

ARTICLE BOTTOM AD

DEJA UNA RESPUESTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

dieciseis − cuatro =